MINISTÉRIO
VIDA EVANGÉLICA
LEITURA BIBLICA DIÁRIA
TEMAS INTERESSANTES JANEIRO FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO JULHO AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZMBRO
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
BEM VINDO AO LEITURA BÍBLICA DIÁRIA

ORE POR ESTE MINISTÉRIO

TUDO QUANTO FIZERDES FAZEI COMO PARA O SENHOR

MEDITAÇÃO DIÁRIA


Evangelismo Pessoal Pela Internet. Contribua: Maxwell Alves Ag 0176-7 C/C 7105750-1. Obrigado!


Versão João F. Almeida Revista e Atualizada
Leitura referente 03 de janeiro
PROVÉRBIOS 1:10-19
10. Filho meu, se os pecadores querem seduzir-te, não o consintas.
11. Se disserem: Vem conosco, embosquemo-nos para derramar sangue, espreitemos, ainda que sem motivo, os inocentes;
12. traguemo-los vivos, como o abismo, e inteiros, como os que descem à cova;
13. acharemos toda sorte de bens preciosos; encheremos de despojos a nossa casa;
14. lança a tua sorte entre nós; teremos todos uma só bolsa.
15. Filho meu, não te ponhas a caminho com eles; guarda das suas veredas os pés;
16. porque os seus pés correm para o mal e se apressam a derramar sangue.
17. Pois debalde se estende a rede à vista de qualquer ave.
18. Estes se emboscam contra o seu próprio sangue e a sua própria vida espreitam.
19. Tal é a sorte de todo ganancioso; e este espírito de ganância tira a vida de quem o possui.

SALMO 3:1-8
1. SENHOR, como tem crescido o número dos meus adversários! São numerosos os que se levantam contra mim.
2. São muitos os que dizem de mim: Não há em Deus salvação para ele.
3. Porém tu, SENHOR, és o meu escudo, és a minha glória e o que exaltas a minha cabeça.
4. Com a minha voz clamo ao SENHOR, e ele do seu santo monte me responde.
5. Deito-me e pego no sono; acordo, porque o SENHOR me sustenta.
6. Não tenho medo de milhares do povo que tomam posição contra mim de todos os lados.
7. Levanta-te, SENHOR! Salva-me, Deus meu, pois feres nos queixos a todos os meus inimigos e aos ímpios quebras os dentes.
8. Do SENHOR é a salvação, e sobre o teu povo, a tua bênção.

MATEUS 3:7-17
7. Vendo ele, porém, que muitos fariseus e saduceus vinham ao batismo, disse-lhes: Raça de víboras, quem vos induziu a fugir da ira vindoura?
8. Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento;
9. e não comeceis a dizer entre vós mesmos: Temos por pai a Abraão; porque eu vos afirmo que destas pedras Deus pode suscitar filhos a Abraão.
10. Já está posto o machado à raiz das árvores; toda árvore, pois, que não produz bom fruto é cortada e lançada ao fogo.
11. Eu vos batizo com água, para arrependimento; mas aquele que vem depois de mim é mais poderoso do que eu, cujas sandálias não sou digno de levar. Ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo.
12. A sua pá, ele a tem na mão e limpará completamente a sua eira; recolherá o seu trigo no celeiro, mas queimará a palha em fogo inextinguível.
13. Por esse tempo, dirigiu-se Jesus da Galiléia para o Jordão, a fim de que João o batizasse.
14. Ele, porém, o dissuadia, dizendo: Eu é que preciso ser batizado por ti, e tu vens a mim?
15. Mas Jesus lhe respondeu: Deixa por enquanto, porque, assim, nos convém cumprir toda a justiça. Então, ele o admitiu.
16. Batizado Jesus, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba, vindo sobre ele.
17. E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.

MATEUS 4:1-11
1. A seguir, foi Jesus levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo.
2. E, depois de jejuar quarenta dias e quarenta noites, teve fome.
3. Então, o tentador, aproximando-se, lhe disse: Se és Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães.
4. Jesus, porém, respondeu: Está escrito: Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus.
5. Então, o diabo o levou à Cidade Santa, colocou-o sobre o pináculo do templo
6. e lhe disse: Se és Filho de Deus, atira-te abaixo, porque está escrito: Aos seus anjos ordenará a teu respeito que te guardem; e: Eles te susterão nas suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra.
7. Respondeu-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor, teu Deus.
8. Levou-o ainda o diabo a um monte muito alto, mostrou-lhe todos os reinos do mundo e a glória deles
9. e lhe disse: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares.
10. Então, Jesus lhe ordenou: Retira-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto.
11. Com isto, o deixou o diabo, e eis que vieram anjos e o serviram.

GÊNESIS 5:1-32
1. Este é o livro da genealogia de Adão. No dia em que Deus criou o homem, à semelhança de Deus o fez;
2. homem e mulher os criou, e os abençoou, e lhes chamou pelo nome de Adão, no dia em que foram criados.
3. Viveu Adão cento e trinta anos, e gerou um filho à sua semelhança, conforme a sua imagem, e lhe chamou Sete.
4. Depois que gerou a Sete, viveu Adão oitocentos anos; e teve filhos e filhas.
5. Os dias todos da vida de Adão foram novecentos e trinta anos; e morreu.
6. Sete viveu cento e cinco anos e gerou a Enos.
7. Depois que gerou a Enos, viveu Sete oitocentos e sete anos; e teve filhos e filhas.
8. Todos os dias de Sete foram novecentos e doze anos; e morreu.
9. Enos viveu noventa anos e gerou a Cainã.
10. Depois que gerou a Cainã, viveu Enos oitocentos e quinze anos; e teve filhos e filhas.
11. Todos os dias de Enos foram novecentos e cinco anos; e morreu.
12. Cainã viveu setenta anos e gerou a Maalalel.
13. Depois que gerou a Maalalel, viveu Cainã oitocentos e quarenta anos; e teve filhos e filhas.
14. Todos os dias de Cainã foram novecentos e dez anos; e morreu.
15. Maalalel viveu sessenta e cinco anos e gerou a Jarede.
16. Depois que gerou a Jarede, viveu Maalalel oitocentos e trinta anos; e teve filhos e filhas.
17. Todos os dias de Maalalel foram oitocentos e noventa e cinco anos; e morreu.
18. Jarede viveu cento e sessenta e dois anos e gerou a Enoque.
19. Depois que gerou a Enoque, viveu Jarede oitocentos anos; e teve filhos e filhas.
20. Todos os dias de Jarede foram novecentos e sessenta e dois anos; e morreu.
21. Enoque viveu sessenta e cinco anos e gerou a Metusalém.
22. Andou Enoque com Deus; e, depois que gerou a Metusalém, viveu trezentos anos; e teve filhos e filhas.
23. Todos os dias de Enoque foram trezentos e sessenta e cinco anos.
24. Andou Enoque com Deus e já não era, porque Deus o tomou para si.
25. Metusalém viveu cento e oitenta e sete anos e gerou a Lameque.
26. Depois que gerou a Lameque, viveu Metusalém setecentos e oitenta e dois anos; e teve filhos e filhas.
27. Todos os dias de Metusalém foram novecentos e sessenta e nove anos; e morreu.
28. Lameque viveu cento e oitenta e dois anos e gerou um filho;
29. pôs-lhe o nome de Noé, dizendo: Este nos consolará dos nossos trabalhos e das fadigas de nossas mãos, nesta terra que o SENHOR amaldiçoou.
30. Depois que gerou a Noé, viveu Lameque quinhentos e noventa e cinco anos; e teve filhos e filhas.
31. Todos os dias de Lameque foram setecentos e setenta e sete anos; e morreu.
32. Era Noé da idade de quinhentos anos e gerou a Sem, Cam e Jafé.

GÊNESIS 6:1-22
1. Como se foram multiplicando os homens na terra, e lhes nasceram filhas,
2. vendo os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas, tomaram para si mulheres, as que, entre todas, mais lhes agradaram.
3. Então, disse o SENHOR: O meu Espírito não agirá para sempre no homem, pois este é carnal; e os seus dias serão cento e vinte anos.
4. Ora, naquele tempo havia gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de Deus possuíram as filhas dos homens, as quais lhes deram filhos; estes foram valentes, varões de renome, na antiguidade.
5. Viu o SENHOR que a maldade do homem se havia multiplicado na terra e que era continuamente mau todo desígnio do seu coração;
6. então, se arrependeu o SENHOR de ter feito o homem na terra, e isso lhe pesou no coração.
7. Disse o SENHOR: Farei desaparecer da face da terra o homem que criei, o homem e o animal, os répteis e as aves dos céus; porque me arrependo de os haver feito.
8. Porém Noé achou graça diante do SENHOR.
9. Eis a história de Noé. Noé era homem justo e íntegro entre os seus contemporâneos; Noé andava com Deus.
10. Gerou três filhos: Sem, Cam e Jafé.
11. A terra estava corrompida à vista de Deus e cheia de violência.
12. Viu Deus a terra, e eis que estava corrompida; porque todo ser vivente havia corrompido o seu caminho na terra.
13. Então, disse Deus a Noé: Resolvi dar cabo de toda carne, porque a terra está cheia da violência dos homens; eis que os farei perecer juntamente com a terra.
14. Faze uma arca de tábuas de cipreste; nela farás compartimentos e a calafetarás com betume por dentro e por fora.
15. Deste modo a farás: de trezentos côvados será o comprimento; de cinqüenta, a largura; e a altura, de trinta.
16. Farás ao seu redor uma abertura de um côvado de altura; a porta da arca colocarás lateralmente; farás pavimentos na arca: um em baixo, um segundo e um terceiro.
17. Porque estou para derramar águas em dilúvio sobre a terra para consumir toda carne em que há fôlego de vida debaixo dos céus; tudo o que há na terra perecerá.
18. Contigo, porém, estabelecerei a minha aliança; entrarás na arca, tu e teus filhos, e tua mulher, e as mulheres de teus filhos.
19. De tudo o que vive, de toda carne, dois de cada espécie, macho e fêmea, farás entrar na arca, para os conservares vivos contigo.
20. Das aves segundo as suas espécies, do gado segundo as suas espécies, de todo réptil da terra segundo as suas espécies, dois de cada espécie virão a ti, para os conservares em vida.
21. Leva contigo de tudo o que se come, ajunta-o contigo; ser-te-á para alimento, a ti e a eles.
22 Assim fez Noé, consoante a tudo o que Deus lhe ordenara.

GÊNESIS 7:1-24
1. Disse o SENHOR a Noé: Entra na arca, tu e toda a tua casa, porque reconheço que tens sido justo diante de mim no meio desta geração.
2. De todo animal limpo levarás contigo sete pares: o macho e sua fêmea; mas dos animais imundos, um par: o macho e sua fêmea.
3. Também das aves dos céus, sete pares: macho e fêmea; para se conservar a semente sobre a face da terra.
4. Porque, daqui a sete dias, farei chover sobre a terra durante quarenta dias e quarenta noites; e da superfície da terra exterminarei todos os seres que fiz.
5. E tudo fez Noé, segundo o SENHOR lhe ordenara.
6. Tinha Noé seiscentos anos de idade, quando as águas do dilúvio inundaram a terra.
7. Por causa das águas do dilúvio, entrou Noé na arca, ele com seus filhos, sua mulher e as mulheres de seus filhos.
8. Dos animais limpos, e dos animais imundos, e das aves, e de todo réptil sobre a terra,
9. entraram para Noé, na arca, de dois em dois, macho e fêmea, como Deus lhe ordenara.
10. E aconteceu que, depois de sete dias, vieram sobre a terra as águas do dilúvio.
11. No ano seiscentos da vida de Noé, aos dezessete dias do segundo mês, nesse dia romperam-se todas as fontes do grande abismo, e as comportas dos céus se abriram,
12. e houve copiosa chuva sobre a terra durante quarenta dias e quarenta noites.
13. Nesse mesmo dia entraram na arca Noé, seus filhos Sem, Cam e Jafé, sua mulher e as mulheres de seus filhos;
14. eles, e todos os animais segundo as suas espécies, todo gado segundo as suas espécies, todos os répteis que rastejam sobre a terra segundo as suas espécies, todas as aves segundo as suas espécies, todos os pássaros e tudo o que tem asa.
15. De toda carne, em que havia fôlego de vida, entraram de dois em dois para Noé na arca;
16. eram macho e fêmea os que entraram de toda carne, como Deus lhe havia ordenado; e o SENHOR fechou a porta após ele.
17. Durou o dilúvio quarenta dias sobre a terra; cresceram as águas e levantaram a arca de sobre a terra.
18. Predominaram as águas e cresceram sobremodo na terra; a arca, porém, vogava sobre as águas.
19. Prevaleceram as águas excessivamente sobre a terra e cobriram todos os altos montes que havia debaixo do céu.
20. Quinze côvados acima deles prevaleceram as águas; e os montes foram cobertos.
21. Pereceu toda carne que se movia sobre a terra, tanto de ave como de animais domésticos e animais selváticos, e de todos os enxames de criaturas que povoam a terra, e todo homem.
22. Tudo o que tinha fôlego de vida em suas narinas, tudo o que havia em terra seca, morreu.
23. Assim, foram exterminados todos os seres que havia sobre a face da terra; o homem e o animal, os répteis e as aves dos céus foram extintos da terra; ficou somente Noé e os que com ele estavam na arca.
24. E as águas durante cento e cinqüenta dias predominaram sobre a terra.

003 - Plena Paz


Plena paz o santo gozo,
Tenho em ti, ó meu Jesus!
Pois eu cri em Tua morte sobre a cruz;
No Senhor só confiando
Neste mundo viverei,
Entoando aleluias ao meu Rei!

coro

Glória ao meu Jesus!
Pois é digno de louvor;
É meu Rei, meu bom pastor,
E meu Senhor.
Como os anjos, que O louvam,
Eu também O louvarei,
Entoando aleluias ao meu Rei!

O amor de Jesus Cristo
É muito grande para mim,
Pois Sua graça me encheu de amor sem fim.
Meu Jesus foi para a glória,
Mas um dia eu O verei,
Entoando aleluias ao meu Rei!

Este mundo não deseja
Tão bondoso Salvador,
Não sabendo agradecer Seu grande amor.
Eu, porém, estou gozando
Do favor da Sua lei,
Entoando aleluias ao meu Rei!

Quando o povo israelita
Com Jesus se consertar,
Dando glória ao Seu nome, sem cessar.
Nesse tempo, céu e terra
Hão
de ser a mesma grei,
Entoando aleluias ao meu Rei!